Seja bem-vindo à página da Transparência do TJAM!
 
Neste espaço atendemos a Resolução 215/2015 – CNJ que dispõe sobre o acesso a informações no âmbito do Poder Judiciário, mais ainda reforçamos ser a publicidade um dos princípios fundamentais regentes da administração pública, compreendendo a transparência, a acessibilidade, a integralidade e a integridade das informações referentes à gestão administrativa e financeira da coisa pública. Apresentamos de forma clara, concisa e organizada as informações institucionais, de execução fiscal e orçamentária, financeiras, licitações, concessões, convênios, auditoria, pagamentos, gratificações e diárias de servidores e outras requisitadas por essa resolução. 
Fornecemos também informações que são agrupadas para a conferência de conformidade pelos órgãos de controle e as publicações em cumprimento de outras Resoluções do CNJ.
O TJAM usa documentos no formato PDF como padrão para a divulgação de informações e dados ao público através de seu portal eletrônico, sendo necessária a utilização de aplicativo compatível para sua visualização, recomendamos o Adobe Reader.
 

TJAM passa a integrar Programa Nacional de Prevenção à Corrupção

A marca participante do programa será utilizada pelo órgão, mostrando o comprometimento com o combate à fraude e à corrupção

pnpc 

O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) passou a integrar o Programa Nacional de Prevenção à Corrupção (PNPC), a partir do preenchimento de informações com coordenação da Secretaria de Auditoria Interna do TJAM na plataforma e-Prevenção, a qual permite mapear e diagnosticar a suscetibilidade à corrupção nas instituições, por meio de questionário autoavaliativo.

O PNPC é uma proposta adotada pela Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (Enccla), com coordenação e execução da Rede de Controle da Gestão Pública, patrocinada pela Controladoria-Geral da União (CGU) e pelo Tribunal de Contas da União (TCU).

O programa, lançado em maio deste ano, tem apoio de várias entidades nacionais, é voltado a todos os gestores das organizações públicas (das três esferas de governo e dos três poderes em todos os Estados da federação) e tem como objetivo reduzir os níveis de fraude e de corrupção no Brasil para níveis de países desenvolvidos. 

Devido à adesão ao programa, foi disponibilizado ao TJAM o uso da marca participante do PNPC, fornecida automaticamente pelo sistema e-Prevenção após a conclusão da autoavaliação de aderência às boas práticas de prevenção e combate à fraude e à corrupção.

“Esta iniciativa tem como objetivo principal valorizar e incentivar as organizações públicas do Brasil que se dispõem a se conhecer para melhorar seus padrões de integridade. É um reconhecimento à decisão de participar de um processo evolutivo e colaborativo de todo o setor público brasileiro que visa a reduzir os níveis de corrupção do nosso País a patamares similares aos de países desenvolvidos”, dispõe a organização em seus Termos de Uso.

A marca poderá ser utilizada pelas instituições participantes em portais da internet, eventos e peças publicitárias de interesse da organização, sem alterações na estrutura e proporções (sendo permitidas alterações de tamanho), e com link para acesso à lista de participantes e não participantes do programa (https://www.rededecontrole.gov.br/verifique-adesao-pnpc/).

De acordo com a Rede de Controle, além dos manuais já apresentados, a partir deste mês serão disponibilizadas outras informações do Plano de Ação, a fim de auxiliar a instituição a implementar os controles de combate à fraude e à corrupção.

O TJAM irá disponibilizar a marca participante e demais informações sobre sua participação no Programa Nacional de Prevenção à Corrupção na página da Transparência, no portal do TJAM (https://www.tjam.jus.br/index.php/transparencia).

 

INFORMAÇÕES INSTITUCIONAIS

Estrutura Organizacional

Lista Telefônica e de Endereços

 

ACESSO ÀS INFORMAÇÕES PÚBLICAS
Serviço de Informações ao Cidadão - SIC do TJAM
O Serviço de Informação ao Cidadão do Tribunal de Justiça do Amazonas é de competência da Ouvidoria do Poder Judiciário, regulamentado pela Portaria nº. (  1664/2012 ), que tem a responsabilidade de receber, registrar, controlar e responder às solicitações de informação de qualquer interessado - pessoa física ou jurídica. 
 e sic
Presencialmente: Na Ouvidoria Judiciária que está localizada no térreo do Fórum Cível Euza Vasconcellos à Rua Valério Botelho Andrade, São Francisco, Manaus - AM.  No horário de 08:00 às 14:00 horas.
Telefone:  (92) 3303-5271 / 5173 / (92) 3611-0792 / 0800 280 7414 (de 08:00 às 14:00 hs).
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Correspondência: deve-se utilizar um formulário específico e remetê-lo à Ouvidoria-Geral do Tribunal do Justiça do Amazonas no  térreo do Fórum Cível Euza Vasconcellos à Rua Valério Botelho Andrade, São Francisco, Manaus – AM.
Meio eletrônico: Formulário Eletrônico
O pedido de acesso à informação deverá conter a identificação do requerente. O solicitante poderá, entretanto, optar pelo tratamento sigiloso dos seus dados pessoais, hipótese em que tais dados ficarão sob a guarda e responsabilidade da Ouvidoria-Geral, como previsto no Art. 11, § 3º da Resolução Nº 215 de 16/12/2015, do Conselho Nacional de Justiça.

Sendo o pedido enviado pelo formulário eletrônico, o número de protocolo será informado ao usuário ao final do processo. Se o pedido for registrado por outro canal, o seu número de protocolo será oportunamente informado ao usuário pela Ouvidoria-Geral.
 
Caso o solicitante comprove situação econômica hipossuficiente, conforme a Lei 7.115/1983, haverá isenção das custas referentes aos materiais utilizados quando a informação for fornecida por meio físico ou enviada por correspondência.
 
Para acompanhamento do seu pedido de informação pode ser consultado pelo meio
 
Em regra, os pedidos de acesso à informação são respondidos por e-mail. Todavia, o requerente pode optar pelo recebimento da resposta pelo telefone, em meio físico, ou por retirada no local.
 
O e-SIC disponibiliza serviço que registra também “Denúncias / Reclamações” que pode ser acompanhado e avaliado pelo meio
 
 
Conheça os relatórios estatísticos acerca dos pedidos de informação apresentados e dos recursos interpostos pelos cidadãos pelo meio
 
Carta De Serviços
 
  
 
 
 
icone faq
 
        
2022 - Mapa do Site
Save
Cookies user prefences
We use cookies to ensure you to get the best experience on our website. If you decline the use of cookies, this website may not function as expected.
Accept all
Decline all
Analytics
Tools used to analyze the data to measure the effectiveness of a website and to understand how it works.
Google Analytics
Accept
Decline