TJAM torna facultativo o uso de máscara de proteção respiratória no âmbito das unidades judiciais e administrativas do órgão

A medida abrange as unidades da capital e do interior do Estado, considerando a redução dos diagnósticos de novos casos da covid-19 no Amazonas.


 

Uso de máscara artePortaria assinada pela presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), desembargadora Nélia Caminha Jorge, tornou facultativo o uso de máscara de proteção respiratória nas dependências das unidades judiciais e administrativas do órgão, na capital e do interior do Estado. A medida consta da Portaria n.º 148, publicada no DJe de quinta-feira (12/01) - págs. 13 e 14 do Caderno Extra.

A flexibilização adotada pela Presidência do TJAM considerou a redução recente dos diagnósticos de novos casos de covid-19, divulgada pelo boletim da Fundação de Vigilância em Saúde do Estado do Amazonas, no último dia 5 de janeiro; bem como o fato de que o Estado do Amazonas se encontra entre as unidades federativas que apresentam sinais de estabilidade de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), segundo o boletim InfoGripe, divulgado na mesma data pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz);

A portaria do TJAM mantém, no entanto, a recomendação do uso da máscara de proteção respiratória aos idosos de 70 anos ou mais; pessoas com sintomas gripais; imunossuprimidos e profissionais de saúde no exercício de suas funções.

Diretrizes

Outra diretriz fixada pelo normativo é que a realização de eventos internos om potencial para causar aglomeração será precedida de análise de riscos pela Secretaria de Serviços Integrados de Saúde – Sesis/TJAM.

Além disso, os desembargadores e demais magistrados poderão fixar regras complementares para o atendimento presencial do público em suas respectivas unidades.

As sessões de julgamento do Tribunal poderão permanecer sendo realizadas nas modalidades remota ou híbrida.

Atendimento na Sesis

A Portaria n.º 148/2023, cuja íntegra pode ser conferida no link ao final desta publicação, também traz, no seu parágrafo 2.º, orientações sobre a obrigatoriedade do uso de máscara nas dependências das unidades de atendimento da Sesis/TJAM, e sobre os procedimentos para atendimento, atestado e perícia médica relativos ao público interno, nos casos suspeitos ou com diagnóstico de covid-19.

DJe:

https://consultasaj.tjam.jus.br/cdje/consultaSimples.do?cdVolume=15&nuDiario=3478&cdCaderno=8&nuSeqpagina=13 

https://consultasaj.tjam.jus.br/cdje/consultaSimples.do?cdVolume=15&nuDiario=3478&cdCaderno=8&nuSeqpagina=14 

 

#PraTodosVerem - a arte que ilustra a matéria é do tipo card, com fundo azul petróleo. À esquerda, na parte superior, sobre uma tarja amarela, está escrito "Uso de Máscara", logo abaixo, numa tarja branca, lê-se: Facultativo. Na parte central do card (ainda à esquerda) está o enunciado: TJAM torna facultativo o uso de máscara de proteção respiratória nas dependências das unidades judiciais e administrativas do órgão - Portaria n.º 148. Ao lado direito, uma jovem sorridente faz o movimento e retirada da máscara respiratória que tinha no rosto. De pele e os olhos claros, os cabelos lisos soltos sobre os ombros, ela usa uma camisa, tipo pólo, amarela. Na parte inferior esquerda do card, a logo do TJAM.

 

 

Terezinha Torres

Arte: Everson Santiago

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL

E-mailEste endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

(92) 2129-6771 / 993160660

2022 - Mapa do Site
Save
Cookies user prefences
We use cookies to ensure you to get the best experience on our website. If you decline the use of cookies, this website may not function as expected.
Accept all
Decline all
Analytics
Tools used to analyze the data to measure the effectiveness of a website and to understand how it works.
Google Analytics
Accept
Decline