TJAM aprova transformação de cargos de servidores vagos na estrutura do Judiciário

Proposta considerou a premente necessidade do provimento de cargos de assistente judiciário no órgão.


pleno2311Na sessão desta terça-feira (23/11), o Pleno do Tribunal de Justiça do Amazonas aprovou por unanimidade a transformação de 80 cargos efetivos vagos de analista judiciário em 155 cargos de assistente judiciário na estrutura do Quadro Anexo I da Lei nº 3.226, de 4 de março de 2008.

Ao apresentar a proposta, que trouxe o quantitativo de cargos vagos no órgão e a transformação de parte deles, a Secretaria-Geral de Administração considerou a premente necessidade do provimento de cargos de assistente judiciário no âmbito do Poder Judiciário do Estado do Amazonas, e as restrições impostas pela lei complementar nº 173, de 27 de maio de 2020.

E a Secretaria de Orçamento e Finanças informou não haver objeção à resolução, pois a transformação de cargos não causará aumento de despesa com pessoal, em atenção às limitações impostas pela mesma lei acima citada.

A proposta aprovada também retira o requisito temporal previsto no parágrafo 2º do artigo 26 da mesma lei, para a designação da função de assistente de diretor de Secretaria, coordenador e secretário, por considerar desnecessária a exigência de 12 meses para tal designação.

A resolução aprova o projeto de lei, que agora será encaminhado à Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas.

 

#PraCegoVer: Imagem mostra sessão desta terça-feira (23/11) do Pleno do Tribunal de Justiça do Amazonas.  

 

Patrícia Ruon Stachon

Foto: Chico Batata

DIVISÃO DE DIVULGAÇÃO E IMPRENSA

Telefones | (92) 2129-6771
E-mail:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.