Com desembargadora do Amazonas compondo comissão executiva, Colégio de Corregedores dos Tribunais de Justiça do Brasil inicia atividades de 2021

Desembargadora Nélia Caminha foi eleita para exercer a função de 1.ª secretária do Colégio de Corregedores Gerais dos Tribunais de Justiça do Brasil (CCOGE).


EncogeO Colégio dos Corregedores-Gerais dos Tribunais de Justiça do Brasil (CCOGE) iniciou as atividades neste ano de 2021 sob nova direção, tendo como integrante, em sua comissão executiva, a corregedora-geral de Justiça do Amazonas, desembargadora Nélia Caminha, eleita para desempenhar a função de 1.ª secretária do órgão.

Dentre suas atribuições, o CCOGE atua para aperfeiçoar a prestação jurisdicional dos órgãos judiciários e extrajudicial no País, promovendo o intercâmbio de boas práticas para favorecer a celeridade processual e a aproximação da Justiça com a população.

Fundado no ano de 1994, o CCOGE também tem por finalidade a fixação de diretrizes, uniformização de métodos e critérios administrativos; o estudo e o aprofundamento dos temas e das questões relacionadas à atividade correicional; o debate de problemas e proposição de soluções ao corregedor nacional de Justiça e a defesa da autonomia administrativa e financeira das corregedorias-gerais.

Além da desembargadora Nélia Caminha, integram a nova comissão executiva do CCOGE o desembargador Paulo Velten Pereira (corregedor-geral de Justiça do Maranhão), eleito presidente do Colégio; o desembargador Ricardo Anafe (CGJ de São Paulo), que exercerá a função de 1.º vice-presidente; a desembargadora Carmelita Dias (CGJ do Distrito Federal), que exercerá a função de 2.ª vice-presidente; o desembargador Agostinho Azevedo (CGJ de Minas Gerais), que exercerá a função de 2.º secretário e a desembargadora Vanderlei Teresinha Kubiak (CGJ do Rio Grande do Sul), que exercerá a função de 1.ª tesoureira no Colégio.

Ao iniciar os trabalhos neste ano de 2021, o CCOGE começou os preparativos para realização do primeiro encontro oficial dos membros da entidade em 2021, que será realizado no dia 25 de março, tendo como tema central: “Cooperação Judicial e Administrativa entre os órgãos do Poder Judiciário”. O Encoge, como é conhecido, tem três edições anuais e é realizado com a finalidade de reunir os corregedores de todos os estados para debates de pautas comuns, encaminhamento de soluções e propostas para aprimoramento da Justiça de 1.º Grau.

Ao ser eleita para compor a comissão executiva do CCOGE, durante o 84.º Encontro Nacional do Colégio de Corregedores, realizado no último mês de novembro, a corregedora-geral de Justiça do Amazonas, desembargadora Nélia Caminha, afirmou que é motivo de orgulho poder representar a Justiça do Amazonas e a região Norte na comissão executiva do CCOGE e mencionou que, juntamente com os demais corregedores eleitos, "a função será exercida com alto grau de compromisso; com o trabalho pautado no fortalecimento do Poder Judiciário e com foco na melhoria contínua dos serviços disponibilizados à sociedade".

O início das atividades do CCOGE neste ano de 2021, também marcou o ingresso, no Colégio, de corregedores-gerais de Justiça recentemente empossados em seus respectivos Estados, sendo eles: os desembargadores Élcio Mendes Junior (AC), Fábio José Bittencourt (AL); Paulo Airton Albuquerque Filho (CE); Nicomédes Borges (GO); José Zuquim (MT); Luiz Tadeu Silva (MS); Rosileide Cunha (PA); Frederico Coutinho (PB); Luiz Cezar Nicolau (PR); Fernando Lopes (PI); Ricardo Cardozo (RJ); Dilermando Mota (RN); Tânia Vasconcelos (RR); Diógenes Barreto (SE) e Etelvina Maria Sampaio Felipe (TO). No final deste mês (26/02) ainda tomará posse o desembargador Agostino Silvério Júnior, no cargo de corregedor-geral da Justiça do Amapá.

 

 

Com informações do portal: www.ccoge.com.br

Arte: Iasmin Diniz (ASSCOM CGJMA)

DIVISÃO DE DIVULGAÇÃO E IMPRENSA
Telefones | (92) 2129-6771 
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

banner TJAM

WhatsApp Image 2020 06 10 at 11.27.56