Subcomitê de Saúde do TJAM avalia ações realizadas no período da pandemia de covid-19

A comissão analisou relatórios sobre os atendimentos realizados e discutiu ações para o retorno das atividades presenciais, ainda sem data definida.


Subcomitê de Saúde

Membros do Subcomitê de Atenção Integral à Saúde de Magistrados e de Servidores do Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas reuniram-se para consolidar dados do relatório geral dos atendimentos realizados durante o período da pandemia do novo conoravírus. O encontro alinhou, ainda, questões sobre as próximas estratégias para a retomada das atividades presenciais por parte dos magistrados, servidores e estagiários do Tribunal, ainda sem data definida. A reunião contou com a presença do juiz, Áldrin Rodrigues; da psicóloga, Sandra Desideri; da médica e diretora da Divisão de Serviços Médicos, Ana Cyra Coelho; e de Sara Archur, da equipe do Setor Médico.

Conforme o balanço apresentado na reunião, entre março e junho deste ano, as atividades coordenadas pelo subcomitê somaram 552 atendimentos na Especialidade de Clínica Médica – realizados de forma presencial, em escala de plantão organizada pela Divisão de Serviços Médicos, com profissionais da área médica e de enfermagem, em sistema de rodízio –; 70 atendimentos médicos de forma remota; 15 atendimentos na especialidade de Psiquiatria; 682 em Psicologia; 10 pela nutricionista; além de 253 atendimentos realizados pelo Serviço Social e 41 pelo Serviço de Capelania.

As atividades organizadas pelos vários setores que atuam vinculados ao Subcomitê de Saúde buscaram atender às mudanças de rotina impostas pela pandemia de covid-19, com estratégias voltadas às necessidades evidenciadas pelos servidores em relação às questões da saúde. Canais, como e-mail; telefone e aplicativos de mensagem foram ferramentas importantes e bastante utilizadas com esse objetivo. O atendimento tem contado, ainda, com a participação de profissionais que se disponibilizam a atuar voluntariamente.

“Elaboramos estratégias de atendimento para responder às necessidades dos servidores em questões de saúde, com atividades multidisciplinares, buscando dar um suporte mais firme e significativo, com respostas rápidas àqueles que buscam pelo atendimento”, ressaltou a psicóloga, Sandra Desideri.
Ações

Além dos meios de comunicação disponibilizados aos servidores pelo Subcomitê de Saúde, a comissão possui, ainda, um perfil no Instagram (subcomite.saude_servidor.tjam) com o objetivo de disseminar informações voltadas ao enfrentamento à pandemia de covid-19 e reduzir, mesmo que virtualmente, os efeitos do período de distanciamento social.

“Uma das mudanças que mais percebi nesse período foi que a gente tirou nossas armaduras, por mais que tivéssemos que seguir um protocolo de segurança, para nossa saúde. Pela nossa responsabilidade social e profissional, pelo bem-estar do próximo, nós nos desarmamos e nos unimos em prol do outro. Entendemos que aquele era um momento de aflição, muitas vezes de dor por uma perda de um ente querido e que precisávamos estar a postos. Isso nos manteve mais firmes e motivados a continuar nossos trabalhos”, pontuou Desideri.

Prêmio Innovare

O projeto "Suporte Emocional", desenvolvido sob a coordenação do Subcomitê de Saúde do TJAM e que abrange as atividades realizadas neste período de pandemia para atendimento aos magistrados, servidores e estagiários da Corte, foi selecionado na primeira fase do Prêmio Innovare 2020. O prêmio, que está na sua 17.ª edição, tem como objetivo identificar, divulgar e difundir práticas que contribuam para o aprimoramento da Justiça no Brasil.

O juiz Áldrin Rodrigues ressalta que o levantamento prévio dos resultados das ações efetivadas pelos setores que integram o subcomitê demonstram como foi importante o trabalho de suporte oferecido pelo projeto. Entre março e junho do ano passado, o Setor de Psicologia, da Divisão de Serviços Médicos, registrou 463 atendimentos. Neste ano, no mesmo período, que corresponde aos primeiros meses do distanciamento social imposto pela pandemia, com praticamente todos os servidores atuando de forma remota, os atendimentos, ofertados por diversos canais alternativos (aplicativos de mensagem e e-mails, por exemplo) cresceram 47,3%, chegando a 682 atendimentos.

"Esse crescimento demonstra o quanto foi importante buscarmos alternativas para dar o suporte emocional aos nossos magistrados, servidores e estagiários, muitos dos quais enfrentaram situações de perda de familiares ou de amigos, vitimados pela covid-19, além de terem de lidar, de forma emergencial, com mudanças bruscas nas suas rotinas, com o trabalho remoto, o isolamento social, entre outras situações", destacou o juiz Áldrin.

Neste ano, ao todo, 646 boas práticas estão participando da disputa pelo Prêmio Innovare. Cada um desses trabalhos passará por avaliação das equipes de trabalho que atuarão no julgamento dos trabalhos. Os vencedores serão anunciados neste segundo semestre, em data ainda a ser definida.

 

 

 

Jéssica Rebello
Foto: Chico Batata
Revisão de texto: Joyce Tino

DIVISÃO DE DIVULGAÇÃO E IMPRENSA
Telefones | (92) 2129-6771 / 99485-8526
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

banner TJAM

WhatsApp Image 2020 06 10 at 11.27.56

Semana do Judiciário 9 de julho de 2020
Este programa é produzido pela edquipe da Divisão de Divulgação e Imprensa do TJAM.
Semana do Judiciário 9 de julho de 2020

00:09:00
Views: 75
Semana do Judiciário 9 de julho de 2020