Servidores do TJAM participam de ação de saúde voltada para a prevenção do câncer de próstata

exame0exame1Nesta semana, servidores da Justiça Estadual tiveram acesso gratuito a exames de antígeno prostático específico (PSA).


No contexto da campanha “Novembro Azul”, o Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) promoveu, nesta semana, uma ação voltada para servidores disponibilizando a estes o acesso gratuito, a exame de antígeno prostático específico (PSA), pelo qual é possível detectar o câncer de próstata e outros males.

A ação foi realizada no Fórum Ministro Henoch Reis (bairro de São Francisco) e na sede do TJAM (bairro Aleixo) sendo viabilizada pelo Subcomitê de Atenção Integral à Saúde, pela Divisão de Serviço Social e de Acessibilidade e ainda pela Divisão de Serviços Médicos em parceria com a Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam) e Hospital Samel.

Conforme uma das representantes da Divisão de Serviço Social e Acessibilidade/TJAM, Fernanda Coelho, além de oportunizar o acesso ao referido exame, a ação buscou sensibilizar os servidores da Justiça Estadual para o cuidado preventivo com a saúde. “Esta iniciativa chamou atenção para política de atenção integral à saúde do homem. As estatísticas que indicam a incidência de câncer de próstata são preocupantes e em vista disso, o Poder Judiciário tem incentivado seus servidores e magistrados a um cuidado com a saúde”, informou Fernanda Coelho.

A iniciativa do TJAM corrobora com os objetivos do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que nesta semana aprovou as Metas Nacionais do Poder Judiciário para 2020, cuja ‘Meta 10’ motiva o Poder Judiciário a promover a saúde de magistrados e servidores.

De acordo com o Ministério da Saúde, o Câncer de Próstata é um tumor que afeta a próstata, glândula localizada abaixo da bexiga e que envolve a uretra, canal que liga a bexiga ao orifício externo do pênis. O câncer de próstata é o mais frequente entre os homens, depois do câncer de pele. A doença é confirmada após a realização de biópsia, que é indicada logo que constatado alteração no exame de sangue (PSA) ou no toque retal, que somente são prescritos a partir da suspeita de um caso por um médico especialista.

 

Yanna Andrade
Fotos: Acervo (Divisão de Serviço Social e Acessibilidade/TJAM)

DIVISÃO DE DIVULGAÇÃO E IMPRENSA
Telefones | (92) 2129-6771 / 99485-8526
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.