Justiça Itinerante inicia temporada de atendimentos de 2024 pela zona Norte da cidade

Conforme o calendário organizado para este ano, a unidade móvel do Tribunal de Justiça do Amazonas atenderá  no Centro de Convivência da Família Pe. Pedro Vignola até 2 de fevereiro.


 53455958265 9420cd2531 cO Núcleo de Justiça Itinerante do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) iniciou, na terça-feira (09/01), as ações de atendimento do primeiro semestre deste ano. A programação começou no Centro Estadual de Convivência da Família Padre Pedro Vignola, localizado na rua Tupinambá, 119, Cidade Nova, zona Norte - onde a unidade móvel do serviço está estacionada. Conforme o juiz Alexandre Novaes, titular do 10.º Juizado Especial Cível e coordenador do Núcleo, o atendimento no local se estenderá até o dia 2 de fevereiro.

Nos seis primeiros meses do ano o serviço da Justiça Estadual será ofertado à população, também, nos bairros Lago Azul, Parque Dez de Novembro, Planalto, Chapada e Jorge Teixeira.

Instituído pela Resolução n.° 09/2003-TJAM, o programa Justiça Itinerante tem entre seus objetivos aproximar a população do Poder Judiciário do Amazonas, facilitando o acesso à Justiça e o exercício da cidadania.

Dentre as várias causas atendidas pela Justiça Itinerante estão: as ações de cobrança que não excedam 20 (vinte) salários mínimos (Juizado Especial Cível); divórcio consensual; guarda de filhos e pensão alimentícia; dissolução de união estável, entre outros. Os documentos necessários para atendimento na Justiça Itinerante são: RG, CPF, Comprovante de Residência; Certidão de Casamento (divórcio) e Certidão de Nascimento (de filhos menores); Comprovante de conta bancária (para receber pensão).

Jurisdicionado

O público que compareceu nesta quarta-feira (10/01) ao Centro de Convivência Padre Vignola destacou a importância do Justiça Itinerante para a coletividade.

A estudante Verônica de Souza Alves, 28, e seu noivo, o analista de compras Alexandre Azevedo, 43, moram no bairro Novo Israel, zona Norte da cidade, e foram até a unidade móvel para dar entrada na segunda via das certidões de nascimento para efeito de celebração de casamento. 

“Esse trabalho do Justiça Itinerante é muito importante para a população que procura e que não pode pagar pelos documentos. É essencial”, comentou Verônica Alves, que chegou ao centro de convivência por volta de 9h30 em companhia do noivo.

Para o noivo Alexandre Azevedo, “essa iniciativa é muito boa para que as pessoas em vulnerabilidade social tenham acesso aos seus documentos, para ficarem todos legalizados”.  

A autônoma de iniciais L. A., de 29 anos, que também buscou atendimento hoje, foi em busca de orientação para dar entrada numa ação de divórcio. Ela considera que o serviço facilita a vida do público. “Vir aqui diretamente na unidade móvel deixa as coisas mais rápidas e, se Deus quiser, daqui a algum tempo eu resolvo essa situação. Eu estava ‘empurrando com a barriga’ e quase deixando pra lá, mas resolvi buscar ajuda. Minha mãe, por exemplo, ficou vários anos ligada com o ex-marido dela sendo que cada um morava em um local diferente, o que atrapalhou a vida tanto dela quanto dele”, conta L.A., que estava em mãos com originais e cópias de documentos básicos como da Certidão de Casamento e de Identidade e comprovante de residência, entre outros.  

O subcoordenador do Núcleo de Justiça Itinerante do TJAM, José Ribamar Martins, reforça que os horários de atendimentos à população são de segunda a sexta, de 8h às 14h, e que a missão da ‘Justiça Itinerante’ é levar atendimento jurídico gratuito e de forma facilitada à população amazonense. Ele frisa que é importante que a pessoa em busca de atendimento leve documentos como identidade, CPF e comprovante de residência. “Todos serão sempre bem atendidos”, afirmou o servidor.

Outras informações podem ser obtidas pelo número (92) 98459-6677; e pelo e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

 #PraTodosVerem: Imagem da matéria mostra duas pessoas indo em direção à entrada da unidade móvel do Núcleo de Justiça Itinerante do TJAM; à porta, uma servidora do Poder Judiciário aparece para orientá-los.  

 

Paulo André Nunes

Foto: Marcus Phillipe

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL / TJAM

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

(92) 2129-6771 / 993160660

2022 - Mapa do Site
Save
Cookies user preferences
We use cookies to ensure you to get the best experience on our website. If you decline the use of cookies, this website may not function as expected.
Accept all
Decline all
Publicidade
Youtube
Accept
Decline
Analítico
Google Analytics
Accept
Decline