4ª Vara de Família promove mutirão de audiências de conciliação

Nesta quinta e sexta-feira, a equipe da unidade judiciária atuará em 42 processos pautados para o período.


Mutirão 4 VaraA 4ª Vara da Família do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) promove nesta quinta e sexta-feira (dias 16 e 17) um mutirão de audiências de conciliação. Na pauta, 42 processos selecionados a partir das Metas 1 e 2 do Conselho Nacional de Justiça. As audiências serão realizadas nas dependências da unidade especializada, no 1° andar do Fórum Ministro Henoch Reis, bairro de São Francisco, zona Sul de Manaus, a partir das 8h30.

Mutirão 4 Vara 2Segundo o juiz Odílio Pereira Costa Neto, os processos são, em sua maioria, de Alimentos (pensão alimentícia) e foram selecionados a partir de parâmetros que incluem também as metas do Conselho Nacional de Justiça. “Fizemos uma listagem levando em conta a condição de conciliação dos processos em tramitação, bem como a Meta 1 do Conselho Nacional de Justiça, que orienta o julgamento de mais processos do que os que são distribuídos, e a Meta 2, que trata da solução dos processos mais antigos em tramitação”, explica o magistrado.

A equipe realizará três audiências, simultaneamente, em três salas nas dependências da especializada. A expectativa é de atender, aproximadamente, 80 jurisdicionados durante os dois dias da ação.

Na avaliação do juiz Odílio Costa Neto, além da redução dos números de processos em tramitação, a iniciativa apresenta-se, também, como exercício de cidadania e boa convivência entre os litigantes, mostrando a utilização do método de conciliação como instrumento de pacificação social.

“A conciliação traz a vantagem das partes resolveram o litígio como não sendo uma solução do juiz, imposta por sentença. Elas conversam, entram em acordo e fazem uma avaliação do que pode ser cedido ou não para a outra parte. Dessa forma, têm uma facilidade de entender a situação do litígio, são obrigadas a pensar na situação. No futuro, isso gera maior estatística de cumprimentos da própria sentença homologatória, diferente de uma sentença imposta, que é até mais difícil da pessoa entender. Além disso, depois as partes terão de conviver, são famílias, têm mágoas e o diálogo iniciado na Justiça ajudará a dirimir tudo isso”, avalia o magistrado.

 

 

Sandra Bezerra
Foto: Chico Batata

DIVISÃO DE DIVULGAÇÃO E IMPRENSA
Telefones | (92) 2129-6771 / 99485-8526
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

banner TJAM

WhatsApp Image 2020 06 10 at 11.27.56

Sessão Solene de Posse dos Novos Dirigentes do TJAM
Sessão Solene de Posse Virtual dos Novos Dirigentes do Egrégio Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas - Biênio 2020 a 2022.
Sessão Solene de Posse dos Novos Dirigentes do TJAM

03:24:00
Views: 4329
Sessão Solene de Posse dos Novos Dirigentes do TJAM