Membros do Comitê Gestor do "Projeto Manaós" têm acesso a treinamento

Com o "Projeto Manaós", Tribunal de Justiça do Amazonas vai potencializar a utilização do sistema SAJ com foco em recorde de produtividade.


Manaós treinamento Nesta segunda-feira (16), representantes do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) e que integram o Comitê Gestor do “Projeto Manaós” tiveram acesso a um treinamento por meio do qual foram apresentadas as principais funcionalidades do Painel de Acompanhamento do projeto; o mais relavante quanto às estatísticas da Justiça Estadual e que estão disponibilizadas para a gestão da Corte Estadual.

Manaós2Por meio da tecnologia e do investimento em capacitação de servidores e magistrados, com o "Projeto Manaós" o Judiciário Estadual pretende aprimorar a prestação jurisdicional com a potencialização do Sistema de Automação da Justiça (SAJ), que é, juntamente com o Projudi, a solução de tecnologia adotada pelo TJAM, há mais de duas décadas, para fazer a gestão de seus processos judiciais.

O treinamento ocorreu na sala de reuniões da presidência do TJAM, na Sede da Corte, e foi ministrado pela analista de negócios, Priscila Vieira, e pelo analista de sistemas, Gustavo de Oliveira, ambos representantes da empresa Softplan: empresa desenvolvedora do SAJ e responsável pela formatação do "Projeto Manaós".

Como integrantes do Comitê Gestor do projeto, participaram do treinamento o juiz auxiliar da presidência do TJAM, Alexandre Henrique Novaes; o diretor da Divisão de Tecnologia da Informação e Comunicação (DVTIC/TJAM), Thiago Facundo; o diretor da Divisão de Divulgação/TJAM, Álvaro Corado e o coordenador de Fiscalização e Auditoria do SAJ/TJAM, Eduardo Pinheiro.

Manaós

Com o projeto, além de investir em tecnologia, o TJAM também priorizará a capacitação de seus quadros. Pelo cronograma, até novembro de 2019, 400 servidores e 150 magistrados – que atuam na 1.a e na 2.a instância – participarão de workshops e, depois de potencializar seus conhecimentos sobre o SAJ, serão convidados a replicar os conhecimentos e boas práticas dentro de suas áreas de trabalho. O projeto também abrangerá capacitações in loco e presenciais em 140 unidades judiciais do TJAM.

No último dia 3 de setembro, durante a reunião de apresentação do cronograma de ações do “Manaós” os gestores do projeto ressaltaram que o objetivo da iniciativa é consolidar e elevar os indicadores de produtividade do Judiciário Estadual do Amazonas, cujo retrospecto foi recententemente destacado no Relatório Justiça em Números, do CNJ.

 

Afonso Júnior
Fotos: Raphael Alves
Revisão de texto: Joyce Tino

DIVISÃO DE DIVULGAÇÃO E IMPRENSA
Telefones | (92) 2129-6771 / 99485-8526
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.