Em 30 dias, Corregedoria de Justiça do Amazonas dá fluxo à tramitação de 250 novos processos

50909264002 568999fa33 kTodos os 250 novos processos estão tramitando no PJeCOR, novo sistema de automação do órgão, conforme requisitado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).


A Corregedoria-Geral de Justiça do Amazonas (CGJ/AM) recebeu neste mês um total de 250 novos processos. Todos eles já estão tramitando no novo sistema de automação do órgão, o PJeCOR (Processo Judicial Eletrônico das Corregedorias), implementado no Amazonas na última quinzena de janeiro.

No País, a utilização do PJeCOR é recomendada aos órgãos judiciários de correição pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) conforme expresso no Provimento 102, de 8 de junho de 2020, por meio do qual a Conselho concedeu o acesso ao sistema a todas as corregedorias a fim de possibilitar o processamento padronizado dos procedimentos administrativos em tramitação.

No âmbito da Corregedoria-Geral de Justiça do Amazonas, a implantação do PJeCOR foi determinada pela corregedora-geral, desembargadora Nélia Caminha, recomendando que todos os novos processos, de competência da CGJ/AM, passem a tramitar no novo sistema.

Desde a implantação do PJeCOR, a Corregedoria vem intensificando a disseminação do novo sistema, instruindo magistrados/servidores do Tribunal de Justiça do Amazonas e o público externo (operadores do Direito, defensores públicos, membros do Ministério Público e outros) a acessar e a ter o devido domínio sobre suas funções e ferramentas.

Conforme a diretora da Divisão de Expediente da Corregedoria-Geral de Justiça do Amazonas,  Adriana Britto, diversos setores do órgão estão empenhados, desde o início do ano, em instruir e orientar o melhor uso do PJeCOR, que gradativamente, está sendo consolidado. "Este é um trabalho que vem sendo executado pelos diversos setores da CGJ/AM e inclui a divulgação do sistema, o fornecimento de instruções sobre sua utilização e também o assessoramento àqueles que têm interesse e/ou precisam utilizá-lo em seus ofícios. Hoje, com 250 novos processos devidamente ingressos no PJeCOR, avaliamos que a plataforma está sendo bem recebida e suas funcionalidades assimiladas pelos usuários", afirmou Adriana Britto, destacando a proatividade dos técnicos e servidores da CGJ/AM pelo empenho em disseminar o sistema.

Para facilitar a disseminação do PJeCOR  e instruir o seu uso, a Corregedoria disponibilizou vídeoaulas, cujo conteúdo instrutivo pode ser acessado, pelo público interno do Tribunal do Justiça do Amazonas (sendo necessário que estejam logados em seus emails institucionais) servidores e magistrados) no link: https://drive.google.com/drive/folders/1x3nZ40A9xwq11QeR4456tm1FDL0cYJdQ?usp=sharing

Já o público externo (operadores do Direito, membros do Ministério Público, defensores públicos e outros) pode acessar as videoaulas no link: https://drive.google.com/drive/folders/1Lv-U8_6kdTkPhUQqV_zku4VahiGlvxqx

 

Diretores das unidades administrativas do TJAM devem preencher formulário

Reforçando a política de disseminação do PJeCOR, nesta semana a Corregedoria de Justiça solicita a todos os diretores de unidades administrativas do Tribunal de Justiça do Amazonas que preencham, até o próximo dia 4 de março, um formulário, sendo fator condicionante para que estes recebem a devida autorização para utilizar o novo sistema.

O formulário pode ser acesso no link ( https://forms.gle/srqhJhQUp33UF4iM6), sendo necessário, para seu preenchimento que o diretor de unidade esteja logado em seu email institucional.

Para informações sobre o procedimento do formulário, a CGJ/AM disponibilizou o e-mail

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., ou os contatos telefônicos: 98494-1586 (Whatsapp), 2129-6655 e 2129-6678.

 

Afonso Júnior

Fotos: Raphael Alves

SETOR DE COMUNICAÇÃO SOCIAL
E-mailEste endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.


Imprimir   Email