Coij/TJAM faz a entrega dos presentes de Natal arrecadados pelo Projeto Árvore Encantada

06/12/2021

A desembargadora Joana Meirelles acompanhou o início do cronograma de entregas, na tarde de quarta-feira, nos abrigos "Nacer" e "Moacyr Alves". Mais de 300 crianças serão alcançadas com o resultado da ação.

Crianças e adolescentes dos abrigos "Nacer", no bairro Parque Dez de Novembro, e "Moacyr Alves", no Alvorada, viveram uma tarde diferente na quarta-feira (1.º/12): elas foram as primeiras contempladas com a entrega dos presentes arrecadados na edição deste ano do “Projeto Árvore Encantada", organizado pela Coordenadoria da Infância e da Juventude do Tribunal de Justiça do Amazonas (Coij/TJAM).

Por meio do projeto, magistrados (as), servidores (as), estagiários (as), colaboradores (as) e outros voluntários puderam "adotar" as cartinhas com pedidos de presentes de Natal, escritas por mais de 300 crianças que vivem em instituições de acolhimento na capital e no interior do Estado. Neste ano de 2021, o projeto chegou à sua décima edição.

A abertura da programação de entrega dos presentes contou com a participação da desembargadora Joana dos Santos Meirelles - que coordena a COIJ/TJAM; do secretário-executivo de Direitos da Criança e do Adolescente da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), Emerson José Rodrigues de Lima; de diretores e funcionários das instituições assistenciais; do diretor da Comarca de Beruri, Renato de Sales Teixeira e de servidores da equipe da COIJ/TJAM.

"Estamos completando dez anos do 'Projeto Árvore Encantada' e, mesmo com todos os problemas que enfrentamos com a pandemia da covid-19, conseguimos ter uma adesão maciça de funcionários, estagiários e magistrados do Tribunal. Hoje começamos a entrega dos presentes que alcançará mais de 300 crianças que estão nos abrigos tanto de Manaus quanto de Iranduba e Manacapuru", firsou a desembargadora Joana Meirelles, visivelmente emocionada.

Normalmente a entrega dos presentes é feita em uma grande festa que reúne as crianças e adolescentes de todos os abrigos, mas neste ano, em razão das medidas de prevenção à covid-19, a Coij considerou mais adequado fazer as entregas de forma separada, em cada abrigo, e com o número reduzido de pessoas.

O secretário-executivo da Sejusc, Emerson Lima, parabenizou o Tribunal de Justiça do Amazonas, na pessoa da desembargadora Joana Meirelles, pela iniciativa do projeto. "Toda a sociedade, todos nós, como cidadãos, temos um compromisso social e esse gesto do Tribunal de Justiça vem justamente ao encontro desse compromisso e possibilita esse momento muito especial para essas crianças", afirmou Lima.

O diretor da Comarca de Beruri, Renato Teixeira, falou em nome dos servidores do TJAM que participaram da campanha, adotando uma cartinha do projeto. "É com emoção que eu participo dessa cerimônia representando os servidores. Há alguns anos, sempre adoto uma cartinha, mas estar aqui, nesta cerimônia, vendo a entrega dos presentes, é diferente. Eu queria que todos tivessem essa oportunidade. Essa campanha é exitosa graças à Coordenadoria da Infância e da Juventude e ao Tribunal de Justiça, mas que não se concretizaria sem a solidariedade dos servidores que sempre abraçam a campanha e a tornam o sucesso que é", disse Renato Teixeira.

Programação

O calendário de entrega dos presentes arrecadados se estenderá até o dia 10 de dezembro, conforme programação organizada pela Coordenadoria da Infância e da Juventude. Um total de 309 crianças e adolescentes, de 11 unidades de acolhimento da capital e do interior, tiveram suas cartinhas adotadas por padrinhos do projeto.

Na quinta-feira (2/12), seguindo a programação divulgada pela Coij, foi a vez da instituição "O Coração do Pai", de Manaus, o "Coração do Pai", de Iranduba, além do "Lar Batista Janell Doyle" receberam os presentes. Na sexta (3/12), as crianças e adolescentes  da "Casa Mamãe Margarida" e do "Saica" receberam seus presentes.

No dia 9/12, a ação será levada a "O Pequeno Nazareno" e, no dia 10/12, ao "Monte Salém" e aos abrigos "Dona Bia" e a "Casa Esperança", estes dois últimos na cidade de Manacapuru (a 84 quilômetros de Manaus), encerrando o calendário do Árvore Encantada 2021. 

Lembrança

Para a diretora do "Abrigo Moacyr Alves", Claudete Ciarlini, o projeto do Poder Judiciário representa alegria, um momento de festa e de lembrança, no qual as crianças ficam muito felizes por serem lembradas. "Esse projeto do Poder Judiciário significa que as pessoas estão pensando em nós. É muito louvável essa iniciativa, pois há crianças que já entendem esse momento e ficam esperando e perguntando quando a 'Árvore Encantada' virá de novo", explica a dirigente da instituição, que funciona há cerca de 30 anos e que tem 64 acolhidos e 84 funcionários.

Já o diretor do "Abrigo Nacer", Cleslley Rodrigues, afirmou que o "Projeto Árvore Encantada" significa o complemento do trabalho que a instituição, criada há 7 anos e com 34 funcionários, faz ao acolher as 22 crianças oriundas de medidas protetivas.

"Uma das nossas principais missões é devolver sorrisos para as nossas crianças, e são ações como essas que nos ajudam a atingir esse objetivo, porque aqui no Nacer nós cuidamos, alimentamos, damos amor, carinho, fazemos festas de aniversário. Mas nossos recursos não são como o nosso amor: eles acabam, e são essas pessoas que se movimentam, que geram esse complemento de amor que nos fazem alcançar os sorrisos que desejamos", comentou o diretor.

#PraCegoVer - a foto que ilustra a matéria mostra a desembargadora Joana Meirelles fazendo a entrega de presente a uma das crianças do Abrigo Moacyr Alves. Ela está acompanhada de um senhor caracterizado com as roupas do Papai Noel e de uma moça também usando uma fantasia bastante colorida e alegre.  

Paulo André Nunes

Fotos: Chico Batata

DIVISÃO DE DIVULGAÇÃO E IMPRENSA

Telefones | (92) 2129-6771
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. 

Repostado com atualização.

esmam locationESCOLA SUPERIOR DA MAGISTRATURA DO AMAZONAS
Av. André Araújo - Aleixo, Tribunal de Justiça do Amazonas 
Centro Administrativo Des. José de Jesus Ferreira Lopes 
CEP: 69060-000;
Telefone: (92) 2129-6640
E-mail: esmam@tjam.jus.br