|LIVE ESMAM| “Violência Sexual de Crianças e Adolescentes”

A Escola Superior de Magistratura do Amazonas - ESMAM, promoverá a Live que abordará a temática "Violência Sexual de Crianças e Adolescentes", na segunda-feira 27/09,segunda-feira, de 18 às 19h (horário local),  que será transmitido pelas redes sociais da ESMAM e no Canal do YouTube, Link: https://youtube.com/user/esmamam, sem necessidade de inscrição.

A violência sexual contra crianças e adolescentes é uma das formas mais perversas de violência, pois se caracteriza pelo uso da sexualidade de maneira a violar os seus direitos sexuais e sua intimidade. Devido a sua complexidade, podemos dividir em Abuso sexual intrafamiliar, por pessoas com vínculos de parentesco, e extrafamiliar quando os abusadores não têm vínculo familiares e exploração sexual e comercial de crianças e adolescentes.

A violação sexual de crianças e adolescentes ocorre quando estes são utilizados como meio para satisfação de qualquer tipo de desejo ou finalidade sexual de adultos e adolescentes mais velhos, mesmo que não haja contato físico ou prática de ato sexual propriamente dito.

Também está presente nas ações que visam, direta ou indiretamente, a corromper ou explorar a sexualidade dos infantes, independentemente se houver finalidade de lucro, que ocorre mediante a indução (sedução, conquista, oferta de presentes, entre outros) que por finalidade leve a satisfação sexual do abusador. Um único ato, por mais simples ou sem importância que possa parecer no mundo adulto, pode representar uma violência sexual consumada. A vontade ou a permissão da criança ou adolescente em participar de atividades que violem sua dignidade sexual estão longe de significar um sinal verde para essas ações ou a exclusão dos crimes e demais ilícitos, pois na condição de pessoas em desenvolvimento, elas não têm maturidade para consentir algo que está completamente fora do universo infantil.

As crianças sequer percebem a situação abusiva a que estão sendo submetidas, devido a sua pouca idade e condição de inocência. É comum chegarem à Justiça casos em que a criança ou o adolescente abusado não tinha compreensão da violência sexual ou não sabiam o que estava sendo feito com eles, até o momento em que o abusador é preso.

As situações citadas de abuso a criança e ao adolescente são previstas como crimes graves pela legislação brasileira, com penas que podem chegar a 30 anos de prisão. Existem situações em que todos são capazes de reconhecer o ato abusivo, pois envolvem o contato físico com a vítima, tais como a prática da violação sexual, carícias e manipulação das partes íntimas da vítima, beijos lascivos e toques abusivos. Não custa ressaltar, porém, que o abuso pode ser praticado sem que a vítima seja tocada pelo abusador, bastando a exposição da criança a situações de caráter sexual/pornográfico.

Tal como a exploração sexual de crianças e adolescentes, a prática de atos libidinosos com menores de quatorze anos, em qualquer circunstância, é considerada crime hediondo, em razão de sua gravidade e dos danos que causa à vítima (todo envolvimento sexual com menor de 14 anos caracteriza estupro de vulnerável, com pena que varia de 8 a 30 anos de prisão).

Por este motivo, é fundamental trabalhar o tema de forma preventiva, conscientizando os adultos e esclarecendo as nossas crianças e adolescentes para que consigam reconhecer situações “estranhas” que tendem a evoluir para abusos e as próprias violações, evitando que tal violência aconteça ou mesmo se prolongue no tempo.

É uma responsabilidade de todos prevenir e combater a violência sexual contra crianças e adolescentes. Um abusador identificado e punido, além de representar justiça para a vítima e sua família, pode salvar a vida de muitas outras crianças que seriam vítimas do mesmo crime.

A Live será apresentada pelas seguintes convidadas:

Articlina Guimarães, Juíza de Direito, Titular da 2ª Vara Especializada em crimes contra a dignidade sexual de crianças e adolescentes. Especialista em penal e processo penal.

Leiliane Rocha, Psicóloga, especialista em Sexualidade Humana, educadora parental, autora do programa PAS – Prevenção ao Abuso Sexual.

Texto: Rosiane Cruz de Oliveira

Fonte: Arquivos TJAM/ESMAM

Arte: Claudio Gaia

Para acessar este e outros conteúdos da ESMAM: https://m.youtube.com/user/esmamam

Informações:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

NÚCLEO DE DIVULGAÇÃO DA ESMAM

Telefones | (92) 2129-6640 | 6608 | (92) 98807-6760
E-mail:
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..br|Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.s.br

esmam locationESCOLA SUPERIOR DA MAGISTRATURA DO AMAZONAS
Av. André Araújo - Aleixo, Tribunal de Justiça do Amazonas 
Centro Administrativo Des. José de Jesus Ferreira Lopes 
CEP: 69060-000;
Telefone: (92) 2129-6640
E-mail: esmam@tjam.jus.br

Save
Cookies user prefences
We use cookies to ensure you to get the best experience on our website. If you decline the use of cookies, this website may not function as expected.
Accept all
Decline all
Analytics
Tools used to analyze the data to measure the effectiveness of a website and to understand how it works.
Google Analytics
Accept
Decline