Workshop sobre Enfrentamento à tortura no âmbito das audiências de custódia voltado para magistrados dos Tribunais da Amazonas e de Roraima está com as inscrições abertas

Estão abertas as inscrições para o Workshop “Enfrentamento à tortura nas audiências de custódia: aspectos práticos para a prevenção, identificação e documentação”, até o dia 13 de setembro. O curso, que conta com convidados nacionais e internacionais, é voltado para magistrados e magistradas dos Tribunais de Justiça do Amazonas e Roraima e tem como objetivo qualificar a atuação dos magistrados e magistradas, nos procedimentos visando a prevenção, detecção e apuração de tortura e outros tratamentos ou penas cruéis, desumanos ou degradantes (TCDD), especialmente nas audiências de custódia.

A realização do evento é uma parceria entre a Escola de Magistratura do Amazonas (ESMAM), Escola do Poder Judiciário de Roraima (EJURR) e Associação de Prevenção à Tortura (APT), com o apoio do Programa Fazendo Justiça do Conselho Nacional de Justiça e da Republique Et Canton de Genève.

O workshop, em formato de ensino à distância (EaD), consistirá em diferentes modalidades de atividades, de  caráter   interativo   e   participativo, abordará desde de parâmetros contido em normas e documentos internacionais referentes ao enfrentamento à tortura como normativas e parâmetros nacionais, como o Protocolo II da Resolução CNJ 213/2015, o Manual de Prevenção e Combate à Tortura do CNJ e a nova resolução aprovada pelo Conselho Nacional de Justiça no dia 27 de agosto de 2021 sobre as diretrizes e regras do Protocolo de Istambul.  

Dentre os/as palestrantes, o evento contará com a presença de Audrey Olivier Muralt (Secretária-Geral Adjunta da Associação para a Prevenção da Tortura), Alexei Julio Estrada (advogado da Corte Interamericana de Direitos Humanos), Cristofer Martins (médico especialista em Medicina Legal e Perícias Médicas), Marcos Faleiros da Silva (Juiz de Direito do Tribunal de Justiça do Mato Grosso),  Rafael Barreto Souza (Coordenador Adjunto do Eixo 1 do Programa Fazendo Justiça), Sylvia Dias (Assessora Jurídica Sênior e Representante da Associação para a Prevenção da Tortura no Brasil), Valentina Cadelo (Assessora Jurídica da Associação para a Prevenção da Tortura) e Representante do Poder Judiciário do México.

O workshop será oferecido nos dias 16, 17, 23 e 24 de setembro, de 16 às 18h30min (hora de Manaus/Boa Vista), com carga horária 14horas/aulas, distribuídos em 4 encontros de 2.5h cada e tarefas de leitura e exercícios práticos complementares entre os módulos que compõem o curso.

 Sobre o Workshop

-Inscrição prévia: 01 a 13 de setembro - Através do AVA – site: www.esmam.tjam.jus.br

- Público-Alvo: Magistrados e magistradas do Tribunal de Justiça do Amazonas e do Tribunal de Justiça de Roraima

- Número de participantes: limite de 40 vagas

- Será oferecida pela APT tradução simultânea para palestras ministradas em idioma estrangeiro

- Período: 16, 17, 23 e 24 de setembro, de 16h-18h30 (hora de Manaus/Boa Vista)

Sobre a Associação de Prevenção à Tortura (APT)

A  Associação  para  a  Prevenção  da  Tortura  (APT)  é  uma  organização  internacional  de  direitos humanos, com sede em Genebra, na Suíça, reconhecida  internacionalmente  em  matéria  de  prevenção  da  tortura. A  APT atua desde 1977 em prol da prevenção da tortura e outras formas de maus-tratos ao redor do mundo  promovendo  o  monitoramento  de  todos  os  locais  de  detenção,  o  fortalecimento  de mecanismos  de  controle,  a  implantação  de  salvaguardas  procedimentais  para  a  redução  da tortura  e  aplicação  de  tratados  internacionais  na  matéria. A  APT  goza  de  status  consultivo perante as Nações Unidas, Organização dos Estados Americanos, Comissão Africana e Conselho da Europa, e atua em mais de 30 países. A  APT  fomenta  a  prevenção  da  tortura  através  do  fortalecimento  da  capacitação  de  atores nacionais que trabalham com a prevenção e o combate à tortura. Tal se dá através de cursos de formação  e  da  produção  e  publicação  de  uma  vasta  gama  de  materiais  de  apoio  e  manuais práticos  nesta  matéria. 

Site oficial: https://www.apt.ch/pt

esmam locationESCOLA SUPERIOR DA MAGISTRATURA DO AMAZONAS
Av. André Araújo - Aleixo, Tribunal de Justiça do Amazonas 
Centro Administrativo Des. José de Jesus Ferreira Lopes 
CEP: 69060-000;
Telefone: (92) 2129-6640
E-mail: esmam@tjam.jus.br

Save
Cookies user prefences
We use cookies to ensure you to get the best experience on our website. If you decline the use of cookies, this website may not function as expected.
Accept all
Decline all
Analytics
Tools used to analyze the data to measure the effectiveness of a website and to understand how it works.
Google Analytics
Accept
Decline