Hamilton Mourão receberá nesta quinta-feira a medalha Mérito Acadêmico da Esmam

mourao

WhatsApp Image 2020 01 21 at 09.11.27 copy

JBAE1577

A homenagem poderá ser acompanhada pelo canal da escola no Youtube.


Manaus (AM) - O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, receberá nesta quinta-feira (2/7), em Brasília, a partir das 10h (Manaus) / 11h (Brasília), a Comenda do Mérito Acadêmico da Escola Superior da Magistratura do Amazonas (Esmam). Em função das medidas de prevenção à Covid-19, a cerimônia será realizada por meio de videoconferência, via plataforma zoom, com transmissão pelo canal da escola no YouTube.

Em Brasília, a Esmam será representada na solenidade pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Mauro Campbell Marques, que é professor emérito da instituição amazonense e fará a saudação ao homenageado em nome dos diretores da escola, desembargadores Flávio Pascarelli Lopes e Jomar Ricardo Saunders Fernandes, diretor e subdiretor respectivamente.Também estará presente, o coordenador-geral de Cursos da Esmam, juiz de Direito Flávio Henrique Albuquerque de Freitas.

No final de janeiro deste ano, Pascarelli anunciou que o vice-presidente viria a Manaus proferir uma palestra na Escola da Magistratura, após uma reunião promovida em Brasília, da qual também participaram o advogado José Roberto Machado Farias, da Advocacia-Geral da União (AGU), e o juiz Flávio Henrique. A palestra do vice-presidente seria aberta ao público e, nesta mesma ocasião, ele seria agraciado com a medalha do Mérito Acadêmico. Com a pandemia e as medidas de isolamento social, o evento ficou sem data definida.

A medalha é concedida pela escola a autoridades, personalidades e profissionais que, de alguma forma, contribuíram ou colaboram para o engrandecimento da Justiça do Amazonas. No caso do vice-presidente, a homenagem será em função de sua afinidade com a Corte de Justiça amazonense – seu avô, o desembargador Antônio Hamilton Mourão, presidiu o Tribunal de Justiça do Amazonas em três ocasiões: 1931 a 1932, 1935 a 1936 e no ano de 1941.

O vice-presidente da República serviu como comandante da 2ª Brigada de Infantaria de Selva, no município amazonense de São Gabriel da Cachoeira – localizado na fronteira com a Colômbia e Venezuela, extremo Noroeste do Brasil, região conhecida como "Cabeça do Cachorro", por seu território ter forma semelhante à cabeça desse animal.

Conforme o portal do Governo Federal, além dos cursos de formação/aperfeiçoamento, de altos estudos militares da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército Brasileiro e do curso de Política, Estratégia e Alta Administração do Exército, Mourão também cumpriu Missão de Paz em Angola, foi adido militar na Embaixada do Brasil na Venezuela e comandou o 27° Grupo de Artilharia de Campanha em Ijuí (RS). Após deixar a ativa, em fevereiro de 2018, filiou-se ao PRTB, iniciando sua carreira política.

“O vice-presidente agradeceu a indicação do seu nome nesta homenagem da Esmam e estamos honrados por tê-lo conosco na caminhada pelo engrandecimento da Justiça no Estado do Amazonas”, comentou o desembargador Flávio Pascarelli.

 

Texto: Acyane do Valle | ESMAM

Arte: Lucas Lobo | ESMAM

Foto/Destaque: Reprodução da Internet (Jornal TodoDia)


Imprimir   Email