selos_002A

Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas

40.000 livros em dois meses de coleta

E-mail Imprimir PDF

 É o saldo final da Campanha de Arrecadação de Livros desenvolvida pelo CNJ, TJAM e SEJUS, em parceria com o Carrefour e Danone

Leia mais...
 

VÍDEO LANÇADO PELO TJAM ORIENTA QUE ADOTAR É UM “ATO DE AMOR”

E-mail Imprimir PDF

Desembargador João Simões diz no lançamento que a política de adoção é "uma das boas práticas da Justiça brasileira" 

Leia mais...
   

OMAR AZIZ "Até o final do meu governo o Judiciário será um Poder independente"

E-mail Imprimir PDF

TJAM outorga medalha do Mérito Judiciário ao governador do Estado

Leia mais...
 

O RECOMEÇO DE MAURO SÉRGIO

E-mail Imprimir PDF

Um dos mais felizes participantes da solenidade de abertura do Projeto Reeducar, do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), era o ex-detento Mauro Sérgio Félix, 23 anos, que depois de pagar os erros que cometeu no início da adolescência, conseguiu seu lugar na sociedade através do Projeto Reeducar. Depois de conseguir o diploma em cinco cursos, ele hoje se encontra trabalhando numa empresa de assistência técnica de vídeo, som e refrigeração.

?Hoje eu sou o cara. O cara não é aquele que pega uma arma e sai assaltando. O cara é aquele que vai à luta, faz cursos, consegue um emprego e dá a volta por cima – disse o rapaz, hoje, 14/02, exibindo os cinco diplomas de cursos e o crachá da empresa. No intervalo da solenidade de reabertura do Reeducar, Mauro Sérgio concede entrevistas aos jornais e televisões, quando disse que o “meu exemplo pode ser seguido por outros que enfrentaram os mesmo problemas que eu enfrentei”. Veja o que disse o novo assistente técnico de refrigeração:

?Como foi sua rotina desde a época em que você começou no programa?

Mauro Sérgio ? Eu já tinha passado por várias empresas e elas não me aceitaram porque eu não era qualificado, o máximo que eu conseguia eram seis meses e depois disso eu saia e procurava outro emprego. Então eu comecei a me qualificar e entrei no mercado de trabalho. Comecei fazendo curso, me qualifiquei e hoje estou trabalhando em uma empresa há quatro meses como técnico em refrigeração. Aquela imagem de  bandido já acabou, não existe mais. É um novo tempo que está vindo agora. Eu creio que assim como eu posso esses que estão aqui também podem. É difícil a gente passa por dificuldades, por problemas, mas dos problemas a gente faz a vitória. Hoje estou terminando os meus estudos e já estou pensando em uma faculdade. Agora sou um cidadão e posso andar por onde quero.

?O que representa o Projeto Reeducar para você?

Mauro Sérgio ? É um projeto que me ajudou a levantar a cabeça, a mostrar para a sociedade que não é só aquela imagem que eles vêem no jornal, que vêem na imprensa, mas aquela imagem de que você é capaz de mudar e de mostrar algo. Não é só pegar uma arma e se achar “o cara”. Você tem que ser “o cara” é na hora de mudar, de buscar uma resposta. E a resposta esta vindo em forma de vitórias.

?Que tipo de crime você já tinha praticado antes?

Mauro Sérgio ? Eu já tinha praticado vários assaltos a mão armada, furtos e várias outras coisas que nem me lembro mais, agora eu só lembro de olhar para frente.

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 1 de 201

Mais Notícias

Comunicados