TJAM | COORDENADORIA DA INFÂNCIA E JUVENTUDE - COIJ

(92) 3303-5267       coordenadoria.infancia@tjam.jus.br

Fórum de Justiça da Comarca de Rio Preto da Eva passa a contar com sala para tomada de depoimento especial de crianças e adolescentes vítimas ou testemunhas de violência

Espaço reforçará e aperfeiçoará o trabalho do sistema judiciário local, oferecendo garantias de direitos ao público infanto-juvenil.

Rio Preto Sala Especial

O Fórum de Justiça Senador Jefferson Péres, na Comarca de Rio Preto da Eva (município distante 80 quilômetros de Manaus), passa a contar com uma sala de tomada de depoimento especial para crianças e adolescentes vítimas ou testemunhas de violência.

Inaugurado na última quinta-feira (26), o espaço reforçará e aperfeiçoará o trabalho do sistema judiciário local, oferecendo garantias de direitos ao público infantojuvenil, conforme as orientações da Recomendação n.º 33/2010, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e da Lei n.º 13.431/2017.

A instalação da sala foi uma providência de iniciativa da Vara Única da Comarca, com a colaboração da Prefeitura Municipal e sua inauguração ocorreu no contexto da campanha “Maio Laranja”, por meio do qual, no Brasil, instituições públicas e particulares mobilizam-se para a realização de medidas concretas em combate ao abuso e à exploração sexual de criança e adolescentes.

O ato que marcou a inauguração do espaço foi realizado com a participação do titular da Vara Única da Comarca de Rio Preto da Eva, juiz Carlos Henrique Jardim da Silva; do prefeito municipal, Anderson Sousa; da primeira-dama do Município e secretária de Assistência Social, Soraya Almeida; do titular da Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania, Emerson José Rodrigues de Lima e da representante da Coordenadoria da Infância e Juventude (Coij/TJAM), Valda Calderaro.

Também estiveram presentes no ato de inauguração a representante da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Amazonas (OAB/AM), Luíza Simonetti; o Comandante da 3.ª Companhia de Polícia Militar de Rio Preto da Eva, major Jaison Souza; a secretária municipal de Educação de Rio Preto da Eva, Eliete Cunha; o conselheiro tutelar Daniel Deron; o delegado da Polícia Civil, Henrique Brasil, além de representantes da Rede de Apoio à Criança e Adolescente.

Com o intuito de servir como um ambiente acolhedor para crianças e adolescentes, a sala de tomada de depoimento especial é ambientada com pintura lúdica, brinquedos e para contribuir com o trabalho dos profissionais do sistema de justiça, o espaço também conta com aparelhos eletrônicos que estarão disponíveis para gravar os depoimentos das vítimas perante a autoridade judicial e os órgãos da rede de proteção, caso necessário. As gravações, conforme orientação especializada, evitará que a criança ou o(a) adolescente venha a repetir o mesmo relato para diferentes autoridades, minimizando desta forma possíveis efeitos psicológicos nos que depõem.

Para o juiz Carlos Henrique Jardim da Silva, “a inauguração da sala para tomada de depoimento especial contribuirá de maneira significativa com o trabalho do sistema de Justiça e no mesmo sentido pretende assegurar o bem-estar e a proteção das crianças e dos adolescentes”, afirmou.

Representando a Coordenadoria da Infância e da Juventude (Coij/TJAM), na solenidade de inauguração, a servidora Valda Calderaro enfatizou que o espaço inaugurado representa um marco para o Judiciário. “A inauguração da sala de depoimento especial no fórum de Rio Preto da Eva é um marco para a concretização da proteção integral, nos termos da Lei n.º 13.431/17 que normatiza e organiza o sistema de garantia de direitos de crianças e adolescentes vítimas ou testemunhas de todo o tipo de violência. Assim sendo, a Coij, na pessoa de sua coordenadora – desembargadora Joana Meirelles – parabeniza o juiz Carlos Henrique Jardim e sua equipe; e deixa seu apoio para outras boas práticas no municipio, nos prontificando a reforçar o diálogo com a rede de proteção em um momento posterior”, destacou Valda Calderaro.

#PraTodosVerem - a foto principal que ilustra a matéria mostra o instante em que o Juiz Carlos Jardim, acompanhado de outras autoridades, corta a fita colocada na porta de entrada da Sala de Depoimento Especial, em um gesto simbólico de inauguração do espaço.

 

Afonso Júnior
Fotos: Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Rio Preto da Eva e Acervo da Comarca

Save
Cookies user prefences
We use cookies to ensure you to get the best experience on our website. If you decline the use of cookies, this website may not function as expected.
Accept all
Decline all
Analytics
Tools used to analyze the data to measure the effectiveness of a website and to understand how it works.
Google Analytics
Accept
Decline