Presidente do TJAM é convidado a participar do III Seminário Internacional de Segurança da Amazônia

Imprimir

O convite ocorreu durante uma reunião com o secretário-executivo adjunto de Inteligência, nesta segunda-feira (13)


SeminárioO presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas, desembargador Yedo Simões, recebeu na manhã de segunda-feira (13) o titular da Secretaria-Executiva Adjunta de Inteligência (Seai), do Governo do Estado, delegado Sandro Luiz Sarkis. Na ocasião, o secretário entregou ao presidente da Corte o convite para a abertura do III Seminário Internacional de Segurança da Amazônia (Sisam), que acontecerá nos dias 23, 24 e 25 deste mês, em Manaus, e abordará o tema “Fronteira e Segurança no Espaço Amazônico”.

Seminário 2A programação do evento incluirá debates sobre: “Mídia e violência: a segurança pública e o combate à violência na era da comunicação digital”; “Criminalidade organizada e sua organização em rede”; “A questão das fronteiras e a segurança na Amazônia”; “Os desafios do sistema prisional no Brasil”; e “Os desafios do Sistema Único de Segurança no Brasil (SUSP)”.

Ao agradecer o convite e confirmar presença no evento, o desembargador Yedo Simões destacou a importância da temática a ser debatida. “A programação do seminário inclui temas muito relevantes, que se propõem a discutir a problemática de segurança em torno do continente amazônico. Não há dúvida de que serão debates muito produtivos. Nesta visita do secretário de Inteligência, também discutimos outras questões ligadas à segurança pública e à interação com o Poder Judiciário. A segurança é uma demanda prioritária da nossa população e o diálogo entre as instituições deve ser permanente", afirmou o desembargador Yedo. 

O Seminário Internacional de Segurança da Amazônia é uma iniciativa do Centro de Estudos da Segurança da Amazônia (Cesam), entidade sem fins lucrativos, criada com o objetivo de promover estudos com a temática da segurança pública na Amazônia. Além da Associação dos Delegados de Polícia do Amazonas (Adepol-AM), o seminário conta com a parceria do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), da Universidade Estadual do Amazonas (UEA) e da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur).

Para o coordenador científico do Sisam, Vicente Riccio, este encontro será fundamental para reunir diversos setores na região. “Isso porque os Estados da região fazem fronteira com os maiores produtores de drogas continente e sofrem em razão da crise observada na Venezuela”, pontuou.

A estimativa é de 500 participantes, entre profissionais de segurança pública (policiais, guardas municipais, agentes penitenciários), da carreira jurídica (advogados, promotores, juízes, acadêmicos, gestores públicos, assistentes sociais) e demais interessados nos ciclos de palestras nacionais e internacionais, conferências, mesas temáticas que integram a programação do evento. Haverá, ainda, apresentação de trabalhos científicos, mostrando ações inovadoras para a redução da violência no país.

Ao final, os participantes do evento atualizarão a Carta de Manaus, que tem por finalidade traçar os principais objetivos para uma política de segurança contemporânea e realista para a região.

 

 

Yanna Andrade

Fotos: Raphael Alves

DIVISÃO DE DIVULGAÇÃO E IMPRENSA
Telefones | (92) 2129-6771 / 99485-8526
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.