Carregando
Principal Sala de Imprensa TJAM inicia ‘Semana da Criança’ capacitando profissionais que atuam em rede de proteção

TJAM inicia ‘Semana da Criança’ capacitando profissionais que atuam em rede de proteção

Atividade de formação é uma iniciativa da Coordenadoria da Infância e Juventude da Corte Estadual.


curso_COIJ_-_1O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), por meio de sua Coordenadoria da Infância e Juventude (COIJ), abriu nesta segunda-feira (9), a capacitação de integrantes da rede de proteção à criança e ao adolescente, reunindo profissionais de sete instituições públicas atuantes no Amazonas. A capacitação marca o início da ‘Semana da Criança’ da Corte estadual e se estenderá até a próxima quarta-feira (11) com palestras ministradas por magistrados, professores universitários, psicólogos e assistentes sociais.curso_COIJ_-_2

Dentre os temas da capacitação, serão tratados conceitos e questões relacionadas ao abuso e exploração sexual, pedofilia e prostituição infantil. “São temas que merecem uma atenção, sobretudo, nesta época de crise de identidade moral, quando os noticiários revelam uma alta incidência destas situações”, comentou a juíza Rebeca de Mendonça Lima, coordenadora da COIJ.

O evento, promovido no auditório Des. Arthur Virgílio do Carmo Ribeiro, no 2º andar do Centro Administrativo Des. José de Jesus Ferreira Lopes (anexo à sede do TJAM), é direcionado a profissionais das Secretarias Municipal e Estadual de Educação (Semed e Seduc, respectivamente); da Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas); da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh); Secretaria Municipal e Estadual de Saúde (Semsa e Susam, respectivamente) e dos Conselhos Tutelares.curso_COIJ_-_3

Na abertura, a magistrada juíza Rebeca de Mendonça Lima informou que, diferentemente de anos anteriores, na Semana da Criança de 2017, o TJAM optou por convidar as entidades que integram a rede de proteção para uma reflexão sobre a situação atual da criança e do adolescente e para qualificação. “Em outros anos, realizamos campanhas de solidariedade e momentos festivos voltados para as crianças que vivem em abrigos, por exemplo. Neste ano, contudo, decidimos convocar as entidades para uma capacitação, na qual serão oferecidos subsídios teóricos para aprimorar a atuação destes técnicos, em cada uma de suas áreas de atuação”, disse a juíza, citando que professores universitários, magistrados, psicólogos e assistentes sociais ministrarão palestras nos três dias do evento.curso_COIJ_-_4

A juíza Rebeca de Mendonça Lima lembrou que o momento será oportuno, também, para uma reflexão. “Infelizmente, a sociedade atravessa uma crise de identidade moral, onde o que antes era considerado uma afronta, hoje se vê com maior naturalidade. Faremos, então, deste encontro, um momento de reflexão fornecendo aos profissionais subsídios e informações para fortalecer o exercício de suas atividades”, informou.

Vítimas

Na abertura do evento, a juíza Rebeca de Mendonça Lima conclamou a sociedade, os atores que atuam na rede de proteção e, especialmente, as famílias, a resguardar, proteger e educar com extremo zelo as crianças.

“Por serem indefesas, elas (as crianças) têm sido vítimas inclusive de pessoas consideradas de confiança. É importante que conheçamos os mecanismos disponíveis para o recebimento de denúncias e que conheçamos o triste panorama nacional, o qual aponta que a maioria dos abusos é praticado por pessoas próximas à família e, às vezes, do próprio núcleo familiar e que ao contrário do que muitos pensam, hoje, 1/3 das vítimas são crianças do sexo masculino”, frisou a juíza.curso_COIJ_-_5

Programação

Nesta segunda-feira (9), o primeiro dia da capacitação contou com palestras da psicóloga e coordenadora do curso de Psicologia da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Iolete Ribeiro da Silva, que falou sobre “Aspectos Conceituais e os Marcos Regulatórios da Proteção Integral à Infância, à Juventude e ao ECA”; e também da assistente social Graça Prola, que tratou do “Enfrentamento ao Trabalho Infantil – Aspectos práticos e fluxo de atendimento”.

A programação terá continuidade na terça-feira (10) com a palestra “O papel das instituições no Enfrentamento à Violência Sexual”, a ser ministrada pela psicóloga Lorena Lima da Silva; e “Acolhendo Vidas”, ministrada pela psicóloga Janice Pimentel e pela assistente social Heloísa Guimarães.

Na quarta-feira (11), a capacitação será concluída com as palestras “Justiça Restaurativa”, ministrada pelo juiz de Direito, Luís Cláudio Chaves e “Perspectivas sobre questões de família na contemporaneidade” ministrada pela psicóloga Munique Therense Pontes.

As palestras estão sendo realizadas no horário de 8h às 12h.

 

Texto: Afonso Júnior

Fotos: Herick Pereira

DIVISÃO DE DIVULGAÇÃO E IMPRENSA
Telefones | TJAM: (92) 2129-6771 / 6831
Telefones | Corregedoria: (92) 2129-6672
Telefones | Fórum Henoch Reis: (92) 3303-5209

E-mail Imprimir PDF http://www.tjam.jus.br/index.php?option=com_content&view=article&id=9775:tjam-inicia-semana-da-crianca-capacitando-profissionais-que-atuam-em-rede-de-protecao&catid=33:ct-destaque-noticias&Itemid=1331

 


appbtn-app-storebtn-google-play


 

Mais Notícias

Comunicados