Carregando
Principal Sala de Imprensa TJAM capacita novos servidores para atuação no Programa de Monitoria

TJAM capacita novos servidores para atuação no Programa de Monitoria

Servidores de doze unidades judiciárias participam da atividade, que está sendo ministrada pela DVTIC e EASTJAM.


36294399002_30edefa82d_zO Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) por meio de sua Escola de Aperfeiçoamento do Servidor (EASTJAM) e Divisão de Tecnologia da Informação e Comunicação (DVTIC) conclui nesta quinta-feira (10) a capacitação de servidores de doze unidades judiciárias para atuar como monitores no Programa de Monitoria.

Lançado na gestão do presidente do TJAM, desembargador Flávio Pascarelli Lopes, o programa vem sendo aplicado há aproximadamente um ano pela Corte Estadual e busca contribuir com o desempenho dos Juizados favorecendo o cumprimento de metas nacionais do Judiciário. Na Corte Estadual de Justiça, o programa está vinculado à Comissão de Acompanhamento das Metas Nacionais do Poder Judiciário que é coordenada pelo desembargador João de Jesus Abdala Simões.

Iniciada na quarta-feira (9) e realizada na sala de aula da ESTJAM, a capacitação está sendo ministrada pelo coordenador do e-SAJ, Ricardo Câmara e conta com a participação de servidores que atuam na 1ª Vara Criminal, 1ª e 4ª Varas Especializadas em Crimes de Uso de Tráfico e Entorpecentes (Vecutes), 3ª Vara do Tribunal do Júri, Juizado da Infância e Juventude 36294399712_8e91dd209e_zInfracional, 9ª e 10ª Varas da Família e Sucessões, 2ª Vara da Dívida Ativa Municipal, 17º Juizado Especial Criminal, 17ª Vara Cível, Vara Especializada em Meio Ambiente e Questões Agrárias e 13ª Vara do Juizado Especial Cível.

Na capacitação, os servidores estão sendo instruídos quanto às metas nacionais do Judiciário e recebendo instruções especializadas visando a simplificação de rotinas cartorárias e a otimização do serviço de movimentação processual no sistema de automação informatizado do Poder Judiciário (SAJ).

Foco

A partir da simplificação de rotinas cartorárias o Programa de Monitoria tem como foco o cumprimento das metas 1 e 2 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). A meta 1 estabelece que as Cortes devem julgar quantidade maior de processos de conhecimento do que os distribuídos no ano corrente.

A meta 2, por sua vez, aponta que as Cortes Estaduais de Justiça devem julgar até 31 de dezembro de 2017, pelo menos 80% dos processos distribuídos até 31 de dezembro de 2013 no 1º grau; 80% dos processos distribuídos até 31 de dezembro de 2014 no 2º grau e 100% dos processos distribuídos até 31 de dezembro de 2014 nos Juizados Especiais e Turmas Recursais.

 

Afonso Júnior

Fotos: Raphael Alves

DIVISÃO DE DIVULGAÇÃO E IMPRENSA
Telefones | TJAM: (92) 2129-6771 / 6831
Telefones | Corregedoria: (92) 2129-6672
Telefones | Fórum Henoch Reis: (92) 3303-5209

E-mail Imprimir PDF http://www.tjam.jus.br/index.php?option=com_content&view=article&id=9536:tjam-capacita-novos-servidores-para-atuacao-no-programa-de-monitoria&catid=33:ct-destaque-noticias&Itemid=1331

 


appbtn-app-storebtn-google-play


 

Mais Notícias

Comunicados